Varanda: como projetar a área de lazer e relax

Postado em 05/07 em ARQUITETURA, DECORAÇÃO, Varanda

Seja em casa ou no apartamento, a varanda é um ambiente especial. É lá que você vai receber os amigos e a família para os momentos de lazer ou relaxar, quando estiver num momento mais íntimo. Mas, para se tornar aquele cantinho aconchegante da casa, a varanda precisa ser pensada com cautela e muito planejamento.

Projeto da Chastinet Arquitetura

O primeiro passo para criar a sua varanda dos sonhos é contratar um bom profissional para desenvolver o projeto. É preciso verificar a metragem do espaço, o local onde estará o ambiente e as atividades que você pretende realizar nele. Caso a área vá ser construída do zero, é importante pensar nas integrações com outros cômodos, como cozinha, salas de estar e jantar, piscina, jardim, entre outros. Esta integração geralmente é definida de acordo com as atividades que você pretende realizar na varanda. Será uma varanda gourmet ou uma varanda para descanso?

Atenção! O ambiente deve oferecer conforto e praticidade tanto para quem mora, quanto para quem visita. Por isso, para te ajudar a tomar as melhores decisões para a varanda, o Casa Para Viver separou algumas dicas.

LOCALIZAÇÃO – Um fator a ser considerado, antes de delinear o local perfeito para a varanda, é levar em conta alguns aspectos, como: a existência de exposição solar ou não, o barulho que o lugar tem, a vista do ambiente, entre outros.

Se você mora em apartamento, é importante verificar a posição também. Varandas em posição poente, por exemplo, podem demandar instalação de persianas para proteção contra o sol e até mesmo a escolha de móveis e acabamentos mais resistentes.

FUNÇÃO – É possível criar diferentes estilos na sua varanda, a depender da função que queira dar a ela. É importante saber se você precisa de uma varanda multifuncional ou não – se o local será só para relaxar ou fazer refeições também, por exemplo.

TAMANHO – O espaço que a varanda pode ter é sempre muito relativo, mas, para quem mora em casa e tem um terreno grande, um bom ponto de partida é um espaço de 3m x 6m.

Nos apartamentos, as varandas podem possuir tamanhos diversos, de 40 metro quadrados até acanhados 3 metros quadrados. Nesses casos, é preciso definir as prioridades para evitar que as varandas recebam apenas o número de moveis e itens decorativos que realmente necessitam. Não tem coisa pior do que uma varanda entulhada.

PISO CERTO – Um espaço de convívio ao ar livre requer um chão seguro e prático. Normalmente nas varandas são usados piso cerâmico, porcelanato rústico, madeira de demolição ou outros tipos de pavimento especiais para o ar livre.

ESTILO – Lembrando que a varanda é a extensão da casa e ambiente de destaque, é importante que ela siga o mesmo estilo de decoração da casa, sobretudo quando estão integradas a outros ambientes.

Projeto da Chastinet Arquitetura

MÓVEIS – Não esqueça dos móveis! O mobiliário além de ser bonito e confortável, deve resistir às condições meteorológicas, bem como à passagem do tempo e do uso. Hoje existe uma grande variedade de opções para mobiliar áreas externas. Basta fazer a escolha que tenha mais a ver com o seu estilo e que caiba no bolso.

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe com os amigos em suas redes sociais. Você também pode se inscrever no blog e receber as novidades em primeira mão. Caso tenha uma dúvida sobre arquitetura e decoração, deixe logo abaixo nos comentários. Quem sabe não vira a nossa próxima pauta? Participe!

Sobre o Autor

Redação Casa para Viver">Redacao Casa para Viver