Décor em cores: incorpore a pintura das paredes na decoração de sua casa

Postado em 06/09 em DECORAÇÃO, FAÇA VOCÊ MESMO

Mudar a decoração da casa sempre é bom. Mas nem sempre precisamos apelar para acessórios ou novos móveis para fazer uma nova decoração. Renovar a pintura das paredes pode ser um jeito rápido e econômico de promover uma mudança na casa ou apartamento onde você mora.

E na hora de escolher as cores das tintas para as paredes e para o teto, muitas pessoas preferem optar pelas cores neutras, com medo de errar na combinação e destoar dos demais móveis do cômodo. Outras pessoas acabam exagerando na cor e esquecem-se de equilibrar o ambiente com tons neutros. Seja como for, as cores nas paredes e as diversas formas de pintura podem dar um ar completamente novo a uma casa.

Utilização de dois tons (camurça e branco neve) de forma harmônica no mesmo ambiente. | Projeto assinado por: Chastinet Arquitetura e Urbanismo

E você não precisa fazer essa mudança na pintura da casa toda de uma vez. Principalmente se estiver experimentando alguma cor ou combinação nova. Uma dica importante é começar por um ambiente e ir transformando o lar aos poucos.

Foi pensando nisso que o Casa Para Viver separou algumas dicas e ideias para você que está pensando em mudar a cor de sua casa.

De olho nas dicas

Não tenha medo de errar – Escolher a cor da nossa parede é um momento delicado e há sempre o medo de errar na combinação. Isso faz com que muitas pessoas apostem sempre nos tons neutros, porque é mais fácil de acertar. Porém, um dos maiores erros na pintura da casa está em não criar um contraste. Por isso não tenha medo de errar e experimente, mas sem exagerar nas cores vibrantes ou no neutro.

Cuidado com as combinações – Escolher a cor da nossa parede no mesmo tom que predomina no restante da decoração é fácil. Mas há ainda outras opções que podem ser exploradas. Tenha cuidado também para não escolher tons que destoem demais entre si. Uma dica é apostar em cores parecidas, mas em tonalidade diferentes.  

Utilização de uma cor diferente em uma única parede do ambiente de forma harmônica. (Foto: Pinterest)

Conexão entre ambientes – Apesar de cada cômodo ter sua decoração própria, é interessante que as cores das paredes sigam certa linha e deixe todos os ambientes conectados, mesmo que em cores diferentes. Isso ajuda a dar uma sensação de unidade à casa.  

Atenção ao acabamento – Cada acabamento tem seus prós e contras e devem ser pensados com cuidado. Por exemplo, um acabamento fosco tende a acumular mais sujeira, já os acabamentos do tipo acetinado e semibrilho facilitam na hora da faxina. Por outro lado, o do tipo fosco ajuda a disfarçar defeitos na superfície.

Em locais institucionais e comerciais também devemos ousar nas cores das paredes, não só pela estética, mas também pela manutenção. Os tons utilizados foram azul safira e cinza prata. | Projeto assinado por: Chastinet Arquitetura e Urbanismo)

Tutorial de como pintar paredes

Antes de começar é bom saber como estará o clima. Se ele estiver úmido, então é recomendado que você evite começar os trabalhos, porque a umidade torna mais lenta a secagem da tinta. Porém, dias muito quentes pode dificultar a tinta de espalhar e também deixar manchas. Evite pintar em dias de umidade abaixo de 10%.

Em seguida, separe os materiais necessários, como tinta, pincel, rolo de lã, fita crepe, lixa de parede, luvas de borracha, bandeja de tinta, entre outros. Vista roupas e sapatos velhos. Uma vez pronto, afaste móveis e tire quadros, fotografias, espelhos e cortinas das paredes. O indicado é forrar o chão e os móveis, para evitar que a tinta respingue neles. Não se esqueça de cobrir os rodapés (pode ser com a fita crepe), dobradiças e maçanetas.

Agora é hora de começar a colocar a mão na massa! A primeira coisa a se fazer é lixar toda a parede e tirar o pozinho solto pela lixa com um pano de chão úmido.  Depois, abra a tinta e misture-a com o misturador ou com a ripa de madeira.

Como as tintas de lotes diferentes podem apresentar tonalidades um pouco diferentes, o ideal é juntar mais de um galão para obter uma tonalidade uniforme, se a região a ser pintada for muito grande. Como calcular a quantidade necessária? Meça a largura da parede e multiplique pela altura. Em seguida pela numeração de demãos (entre duas ou três). O número final corresponde à metragem total.  Verifique na lata o volume de tinta que ela cobre. Coloque um elástico ao redor da lata de tinta. Isso porque o elástico ajuda a eliminar o excesso de tinta do pincel de retoque, deixando a pintura melhor.

Cor azul calma utilizado na decoração do quarto de um menino. | Projeto assinado por: Chastinet Arquitetura e Urbanismo

É sempre bom começar a pintar pelos cantos com um pincel menor. Em seguida, pinte o restante da área da parede, formando um “N” do chão até o teto. Os espaços que ficaram sem pintar podem ser preenchidos com um rolo. A diferença vai desaparecendo na segunda demão.

Por fim, as tintas que sobrarem devem ser guardadas com cuidado. Se ela já tiver sido diluída, não coloque novamente na lata para não antecipar o vencimento do produto. Se o volume que sobrar na lata for menor que a metade, o ideal é utilizá-lo até três meses após a abertura; caso contrário ela pode durar o tempo de validade informado no rótulo.

Tom escuro dando um toque especial neste ambiente. (Foto: Pinterest)

Imaginação na ponta do pincel

Há várias maneiras de incorporar a cor de sua casa na decoração. Há a opção de preferir pelo tom neutro – se for mais a sua cara, mas também é possível brincar com as cores. E não apenas pintando as paredes de cores mais vivas, mas também misturando cores diferentes em uma mesma parede.  Algumas dessas misturas permitem o uso de cores mais vivas ou neutras, a depender da identidade de sua decoração.

Veja abaixo algumas ideias e tendências para tornar a pintura de sua casa mais criativa:

1)  Parede listrada

– Conferem um toque de elegância e simplicidade ao ambiente. Se usada na horizontal ajuda a ampliar o cômodo. Já na vertical, esse tipo de pintura passa a impressão de que o local é mais alto. A dica é mesclar as cores certas para dar coerência à decoração.  

Paredes listradas são uma tendência (Foto: Pinterest)

2) Parede lousa

– É uma tendência moderna que ajuda a destacar um canto especial de sua casa. O que vai ser escrito na parede pode, inclusive, demonstrar sua personalidade e vai depender de sua imaginação. A dica é usar a tinta lousa e um giz plastificado, que solta menos poeira e fixa melhor.

3) Pintura em degradê

– É uma das tendências que vem ganhando força no mundo da decoração. Além de passar uma imagem moderna, a pintura em degradê é leve e valoriza as paredes. Sabe o que é melhor? Tem vários tutoriais na internet ensinando como fazer.

4) Pintura com bolinhas

– As bolinhas são modernas e divertidas. Não há um tamanho ideal para as bolinhas: elas podem ser grandes, pequenas ou do tamanho de uma gota de tinta. Elas também podem ser feitas com adesivos, se você preferir. Uma dica legal seria apostar no contraste de cores.

5) Pintura com formas geométricas

– Estampas geométricas estão sempre na moda – e na decoração não é diferente. Esse tipo de pintura ajuda a personalizar o ambiente. E não há uma regra a seguir! Você pode brincar com as cores ou apostar em um jogo de cores neutras. Os padrões também não têm tamanhos, podendo ser grandes ou pequenos.

6) Pintura em meia parede

– Esse tipo de pintura alia três elementos importantes: modernidade, baixo custo e efeito imediato. Além de quebrar a monotonia visual, ela também ajuda a esconder a sujeira quando a tinta mais escura fica na parte debaixo da parede. Além disso, a pintura em meia parede casa com os móveis, criando uma moldura para eles e os demais objetos do ambiente. No quarto, por exemplo, uma cama box pode acabar ganhando uma cabeceira bem estilosa.

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe com os amigos em suas redes sociais. Você também pode se inscrever no blog e receber as novidades em primeira mão. Caso tenha uma dúvida sobre arquitetura e decoração, deixe logo abaixo nos comentários. Quem sabe não vira a nossa próxima pauta? Participe!

Sobre o Autor

Redação Casa para Viver">Redacao Casa para Viver