Pensando em reformar? Veja o momento ideal para fazer as intervenções em seu lar

Postado em 22/12 em DECORAÇÃO

Realizar uma reforma na casa é o desejo de muita gente. Mas essa também não é uma decisão fácil. O processo envolve planejamento, pesquisa, orçamento, trabalho, paciência e, claro, dinheiro para que o resultado final seja agradável e funcional.

Os motivos que levam a uma reforma ou a uma mudança na decoração da casa são muitos: problemas na rede elétrica, manutenção na rede hidráulica ou o simples desejo de mudar a decoração do lar. Há quem adie essas intervenções no imóvel até não poder mais. Outros se deixam levar pelo desejo e acabam esquecendo-se de colocar os gastos na ponta do lápis e se enrolando com a reforma. O ideal, porém, não é nenhum dos extremos.

Foto: Pinterest

Mas será que há um momento ideal para começar a reforma do imóvel? Ou isso vai depender das necessidades de cada um? O blog Casa Para Viver preparou umas dicas para te ajudar a identificar o momento em que uma reforma na casa ou apartamento é indispensável e os cuidados para que o gasto com a obra seja o menor possível.

 

Quando fazer a reforma?

Uma das maiores dúvidas antes de dar início a uma reforma em nosso lar é saber qual o momento ideal para fazer as mudanças na casa. As intervenções podem ser feitas por necessidade ou apenas por um desejo do morador. Neste último caso, basta que você tenha tempo para se reunir com o arquiteto e planejar a reforma e dinheiro para bancar as intervenções que serão necessárias.

Nos casos em que a reforma for uma necessidade, a urgência das intervenções vai depender do caso. Por exemplo, se surgem rachaduras expostas em alguma parede de sua casa ou apartamento, é sinal de que há um problema que precisa ser resolvido. Em casos como esse, é preciso começar a se organizar para fazer uma reforma que solucione o problema antes que a situação fique pior. O mesmo vale para as infiltrações.

Foto: Pinterest

A rede elétrica também precisa passar por manutenção. De acordo com a Chastinet Arquitetura e Urbanismo, apartamentos com mais de 20 anos precisam começar a se preocupar com a rede elétrica. Nesse caso, a reforma será mais abrangente e precisará abarcar todos os cômodos da casa. Com a grande demanda de tomadas que surgiu nas residências por causa dos aparelhos eletrônicos, como smartphones e notebooks, os imóveis que não tiverem uma rede elétrica reformada podem sofrer problemas de sobrecarga.

 

Necessidades cotidianas

Um fator que também pode gerar uma necessidade de renovação da decoração ou mesmo de uma reforma são as mudanças de interesses e objetivos que acontecem ao longo da vida. Por exemplo, um dos membros da família começa a estudar pintura e precisa adaptar um quarto que não é usado para uma sala de pintura.

Outro motivo que pode exigir uma mudança na décor é quando precisamos montar um home office. É preciso antes encontrar o espaço adequado para trabalhar, que não tenha muitas distrações e ofereça o conforto necessário. Em apartamentos, o home office pode ficar em um canto do quarto ou integrado com a sala de estar. Em casas, que geralmente possuem um maior espaço disponível, pode haver a possibilidade de reformar um quarto de hóspedes e transformá-lo em seu escritório.

 

Adequação de ambientes para a família

Quando uma família vai aumentar é sempre um momento de alegria. Mas a chegada de um novo filho também precisa ser acompanhada da organização de um quarto para esse novo membro. E para decorar um quarto infantil é preciso pensar nos móveis, papel de parede e outros itens decorativos. Um quarto para o bebê é ideal também para que os pertences dele fiquem concentrados em um único cômodo, garantindo que o restante da casa permaneça organizada.

Foto: Pinterest

Quando chegar a adolescência do filho, uma nova intervenção na decoração do ambiente talvez se faça necessária. Mas ela pode ser planejada antes e acompanhar o orçamento e a disponibilidade financeira da família.

 

Renovação por etapas

Se você está cansado da mesma decoração de sua casa, uma saída é fazer a renovação do projeto de interiores. E ela não precisa ser feita em toda a casa de uma única vez. Se o orçamento estiver mais apertado, essa renovação pode ir acontecendo aos poucos. De acordo com a Chastinet Arquitetura e Urbanismo, não existe problema em deixar a casa temporariamente com inspirações diferentes. É preciso, porém, não perder de vista o estilo final que se pretende chegar.

Não há também um cômodo específico por onde essa renovação deve começar.  A escolha vai depender do estilo de vida do morador. Conforme a Chastinet, pessoas que costumam receber muito em sua casa, normalmente optam por começar as mudanças pela sala de estar ou pelo banheiro social. Mas há também quem prefere começar a redecoração pelo quarto ou mesmo o home office.

Foto: Pinterest

 

Contrate um profissional

Apesar de todas as dicas e inspirações que são possíveis de serem encontradas na internet, não deixe de contratar um arquiteto ou designer de interiores para lhe ajudar no momento da reforma ou da mudança na decoração.

Um profissional qualificado sempre vai lhe ajudar a economizar com a reforma, evitando os desperdícios que acontecem em obras realizadas sem consultoria ou acompanhamento técnico. Se quiser uma ajuda profissional, mas estiver com o orçamento apertado, as empresas de consultoria on-line podem ser uma solução, pois oferecem preços diferenciados do que as empresas de atendimento presencial.

Além disso, um bom profissional vai sempre buscar elaborar o projeto, usando o investimento na obra da maneira mais inteligente possível. Ele também pode pensar soluções para a reutilização de elementos da decoração antiga no novo projeto de interiores, o que resultará em mais economia. Um bom profissional também vai pensar na melhor maneira de aproveitar o espaço de sua casa, tornando-a mais funcional e correspondente às suas necessidades.

Gostou do nosso conteúdo? Então compartilhe com os amigos em suas redes sociais. Você também pode se inscrever no blog e receber as novidades em primeira mão. Caso tenha uma dúvida sobre arquitetura e decoração, deixe logo abaixo nos comentários. Quem sabe não vira a nossa próxima pauta? Participe!

Sobre o Autor

Redação Casa para Viver">Redacao Casa para Viver